Carbetos

Você está aqui

Os carbetos são compostos inorgânicos binários que apresentam o carbono como o elemento químico mais eletronegativo.
Alguns carbetos são utilizados em equipamentos ou ferramentas cortantes
Alguns carbetos são utilizados em equipamentos ou ferramentas cortantes

Considerado como uma das funções inorgânicas (substâncias que não apresentam o carbono e o hidrogênio como elementos principais), os carbetos são estudados pela Química Inorgânica, que também se volta para um vasto grupo de substâncias, como ácidos, bases, sais e óxidos.

Os carbetos são compostos binários, isto é, apresentam o carbono, que é o elemento mais eletronegativo, ligado a um metal, metal de transição ou semimetal. Assim, em um carbeto, o carbono forma o ânion da molécula. Existem dois possíveis ânions originados pelo átomo de carbono:

  • Metaneto: é o ânion do carbono que apresenta carga ou NOX igual a -4.

C4-

  • Acetileto: é o ânion do carbono que apresenta carga ou NOX igual a -2. Ele é sempre escrito da seguinte forma:

C22-

Tipos de Carbetos

De acordo com o tipo de elemento químico ligado ao metaneto ou acetileto, podemos classificar os carbetos de três formas diferentes, cujas características são:

  • Carbetos iônicos: São carbetos que apresentam um metal, que não seja de transição, ligado a um acetileto ou metaneto. São sempre sólidos em temperatura ambiente. Exemplos: MgC2, Al4C3 , Na2C2 e Cr4C3;

  • Carbetos covalentes: São carbetos que apresentam um semimetal ligado ao metaneto ou ao acetileto. São sólidos em temperatura ambiente e sempre formam macromoléculas. Exemplos: As4C3 e SiC;

  • Carbetos metálicos: São carbetos que apresentam um metal de transição ligado ao metaneto ou acetileto. Esses carbetos apresentam como principal característica o fato de que o carbono ocupa interstícios presentes na estrutura sólida do metal. Exemplos: ZnC2, CuC2 e Fe4C3.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nomenclatura dos Carbetos

A regra de nomenclatura desses compostos é a seguinte:

Metaneto                     nome
  ou             +             do
Acetileto                     cátion

Exemplos:

Veja agora a nomenclatura dos exemplos de carbetos iônicos, covalentes e metálicos mostrados acima:

  • MgC2 – Nesse carbeto, temos o acetileto, C2, ligado ao metal magnésio, logo: Acetileto de magnésio.

  • Al4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal alumínio (NOX +3): Metaneto de alumínio.

  • Na2C2 – Acetileto, C2, ligado ao metal sódio: Acetileto de sódio.

  • Cr4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal crômio (NOX +3): Metaneto de crômio III.

  • As4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal arsênio (NOX +3): Metaneto de arsênio III.

  • SiC – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal silício (NOX +4): Metaneto de silício.

  • ZnC2 – Acetileto, C2, ligado ao metal zinco: Acetileto de zinco.

  • CuC2 – Acetileto, C2, ligado ao metal cobre (NOX +1): Acetileto de cobre I.

  • Fe4C3 – Metaneto, C (NOX -4), ligado ao metal ferro (NOX +3): Metaneto de ferro III.


Por Me. Diogo Lopes Dias





Videoaula relacionada:

Por Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados