Reações com óxidos ácidos

Você está aqui

Reações com óxidos ácidos são processos químicos em que podemos ter a produção de diferentes tipos de substâncias, tais como sais, ácidos e água.

Reações com óxidos ácidos são fenômenos químicos que ocorrem quando substâncias dessa classe de óxidos são colocadas em um mesmo recipiente com substâncias químicas capazes de interagir com elas, como:

Quando uma reação entre um óxido ácido e uma dessas substâncias ocorre, há sempre a formação de um ou mais produtos, o que vai depender exclusivamente dos materiais colocados para reagir com o óxido.

Reação entre óxidos ácidos e água

Sempre que um óxido ácido é colocado para reagir com água, ocorre a formação de um ácido inorgânico.

Exemplo: Reação entre o dióxido de enxofre e água

SO2 + H2O → H2SO3

Reação entre óxidos ácidos e bases inorgânicas

Sempre que um ácido interage com uma base inorgânica, há a formação de um sal e água, da seguinte forma:

  • Água: Formada pela interação entre os hidrogênios da hidroxila (OH) da base e o oxigênio do óxido;

  • Sal: É formado pela interação entre o metal da base, que é o cátion do sal, e um ânion, resultante da interação entre o óxido e a água.

Exemplo: Reação entre o trióxido de enxofre (SO3) e o hidróxido de cálcio [Ca(OH)2]

SO3 + Ca(OH)2

  • 1º Como envolve a reação entre um óxido ácido e uma base, há a formação de água e um sal (X):

SO3 + Ca(OH)2 → H2O + X

Para saber qual é o sal formado, devemos inicialmente saber qual é o ácido formado por esse óxido em presença de água:

SO3 + H2O → H2SO4

Esse ácido apresenta o ânion sulfato (SO4-2).

  • 2º No sal formado, há a interação entre o cátion da base, que é o cálcio (Ca+2), e o ânion (SO4-2), resultante da formação do ácido formado acima (H2SO4), o que resulta no sal sulfato de cálcio (CaSO4). A seguir, veja a equação completa e balanceada desse processo:

SO3 + Ca(OH)2 → H2O + CaSO4

Reação entre óxidos ácidos e óxidos básicos

Sempre que um óxido ácido é colocado para reagir com um óxido básico, ocorre a formação de apenas um sal (Y), que é formado pela interação entre o metal do óxido básico, que é o cátion do sal, e um ânion, resultante da interação entre o óxido e a água.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplo: Reação entre o dióxido de carbono (CO2) e o óxido de sódio

  • 1º Como envolve a reação entre um óxido ácido e um óxido básico, há a formação de um sal (Y):

CO2 + NaOH → Y

Para saber qual é o sal formado, devemos inicialmente saber qual é o ácido formado por esse óxido em presença de água:

CO2 + H2O → H2CO3

Esse ácido apresenta o ânion carbonato (CO3-2).

  • 2º No sal formado, acontece a interação entre o cátion da base, que é o sódio (Na+1), e o ânion (CO3-2), resultante da formação do ácido acima (H2CO3), o que resulta no sal carbonato de sódio (Na2CO3). Observe a equação completa e balanceada desse processo:

CO2 + Na2O → Na2CO3

Reação entre óxidos ácidos e óxidos anfóteros

Sempre que um óxido ácido interage com um óxido anfótero, este age como se fosse um óxido básico. Logo, nesse tipo de reação, há a formação de um sal inorgânico. Esse sal é formado pela interação entre o metal da base, que é o cátion do sal, e um ânion, resultante da interação entre o óxido e a água.

Exemplo: Reação entre o trióxido de cromo VI (CrO3) e o óxido de alumínio (Al2O3)

  • 1º Como envolve a reação entre um óxido ácido e um óxido anfótero, que atua como um óxido básico, há a formação de um sal (Z):

CrO3 + Al2O3 → Z

Para saber qual é o sal formado, devemos inicialmente saber qual é o ácido formado por esse óxido em presença de água:

CrO3 + H2O → H2CrO4

Esse ácido apresenta o ânion crômico (CrO4-2).

  • 2º No sal formado, há a interação entre o cátion do óxido básico, que é o alumínio (Al+3), e o ânion (CrO4-2), resultante da formação do ácido acima (H2CrO4), o que resulta no sal dicromato de alumínio [Al2(CrO4)3]. Veja a seguir a equação completa e balanceada desse processo:

3 CrO3 + 1 Al2O3 → Al2(CrO4)3

O ácido carbônico pode ser formado em reações com óxidos
O ácido carbônico pode ser formado em reações com óxidos
Por Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados