Tipos de Reações Inorgânicas

Você está aqui

As reações inorgânicas podem ser classificadas em: reações de síntese ou adição, de decomposição ou análise, de simples troca e de dupla troca ou metátese.
Cientista adiciona produtos inorgânicos em um erlenmeyer para uma reação química
Cientista adiciona produtos inorgânicos em um erlenmeyer para uma reação química

As reações químicas podem ser classificadas de diversas formas, mas as que são inorgânicas geralmente são subdivididas segundo o número de substâncias formadas, número de reagentes e presença ou não de substâncias simples e compostas.

Temos que os principais tipos de reações inorgânicas são quatro:

  • Reações de síntese ou adição: São aquelas em que dois ou mais reagentes unem-se para formar um único produto.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de síntese ou adição
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de síntese ou adição

Por exemplo, o carbono une-se ao oxigênio para formar o dióxido de carbono:

C + O2 → CO2

  • Reação de decomposição ou análise: É o contrário da reação anterior, ou seja, uma substância é decomposta em duas ou mais.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de decomposição ou análise
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de decomposição ou análise

Essa decomposição pode ocorrer em virtude de um aquecimento (pirólise) ou da passagem de corrente elétrica pela substância fundida ou em meio aquoso (eletrólise), ou o agente da decomposição pode ser a luz (fotólise).

Por exemplo, quando os airbags de um automóvel são acionados, ocorre a decomposição da azida de sódio, por calor, como mostrado abaixo:

Reação de decomposição da azida de sódio que ocorre dentro dos airbags
Reação de decomposição da azida de sódio que ocorre dentro dos airbags

É o gás nitrogênio liberado que infla a bolsa, protegendo o motorista de alguma lesão. O sódio liberado na reação acima ainda reage com outro composto, o nitrato de potássio. Essa reação libera ainda mais nitrogênio para inflar a bolsa.

Os airbags dos carros inflam graças a uma reação de decomposição
Os airbags dos carros inflam graças a uma reação de decomposição

  • Reação de simples troca ou deslocamento: Nesse caso, uma substância simples reage com uma composta, originando outra substância simples e outra composta, ou seja, há a troca dos ligantes.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de simples troca, deslocamento ou oxirredução
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de simples troca, deslocamento ou oxirredução

No exemplo abaixo, observe que a substância simples era o Cobre (Cu); mas ele ligou-se ao íon nitrato (NO-3), formando uma nova substância composta, o nitrato de cobre II (Cu(NO3)2), e uma nova substância simples, a prata (Ag):

Cu + 2 AgNO3Cu(NO3)2 + 2 Ag

Essa reação é classificada em Físico-Química como uma reação de oxirredução, pois há transferência de elétrons entre as substâncias envolvidas. No caso acima, a transferência dos elétrons ocorre da substância simples para a composta. Observe o Nox.

Assim, na prática, notamos que quando se coloca uma fita de cobre em uma solução de nitrato de prata, com o tempo, a solução de nitrato de prata vai deixando de ser incolor, ficando azulada, e a fita fica em um tom prateado. Isso ocorre porque a prata da solução vai sendo deslocada pelo cobre da fita. O tom azulado da solução deve-se à formação de íons cobre em solução. Você pode ver essa reação na imagem abaixo:

Precipitação de prata em cobre a partir de uma solução de nitrato de prata[1]
Precipitação de prata em cobre a partir de uma solução de nitrato de prata[1]

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Reação de dupla troca ou metátese: Ocorre entre duas substâncias compostas, em que seus elementos ou radicais fazem “trocas” entre si, formando novas substâncias compostas.

Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de dupla troca ou metátese
Ilustração para demonstrar como ocorre a reação de dupla troca ou metátese

Exemplo: Quando se coloca para reagir uma solução de cal hidratada com uma de sulfato de alumínio (ambas incolores), há a formação de um precipitado branco, como mostra a reação e a imagem abaixo:

3 Ca(OH)2(aq) + Al2(SO4)3(aq) → 2 Al(OH)3(s) + 3 CaSO4(s)
hidróxido de cálcio  sulfato de alumínio  hidróxido de alumínio  sulfato de cálcio


Reação entre hidróxido de cálcio e sulfato de alumínio origina precipitado branco[2]
Reação entre hidróxido de cálcio e sulfato de alumínio origina precipitado branco[2]

Observe na reação que o cálcio, que antes estava ligado ao hidróxido, une-se ao sulfato, e o alumínio, que antes estava ligado ao sulfato, une-se ao hidróxido, formando dois novos compostos.

Agora que já ficou tudo explicado, veja vários tipos de reações inorgânicas abaixo e tente classificá-las. Depois você pode conferir na resolução abaixo:

Reações:

3H2(g) + N2(g) → 2 NH3(g)

CaCO3(s) CaO(s) + CO2(g)

CaO + H2O → Ca(OH)2

HCl + NaOH → NaCl + H2O

2 Fe(s) + 6 HCl(aq) → 2 FeCl 3(aq) + 3 H2(g)

NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3

HCl + NaOH → NaCl + H2O

H2O2(l) 2 H2O (l) + 1/2 O2(g)

2 NaN3 (s) → 2 N2 (g) + 2 Na(s)

CuSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Cu(OH)2

Zn + 2HCl → ZnCl2 + H2

NaCl(l) 2 Na(s) + Cl2(g)

NaHCO3 + HCl → NaCl + H2CO3 → NaCl +CO2 +H2O

Pb(NO3)2(aq) + NaI(aq) → PbI2(s) + 2 NaNO3(aq)

Resolução:

3H2(g) + N2(g) → 2 NH3(g) → Reação de síntese ou adição

CaCO3(s) CaO(s) + CO2(g) → Reação de análise ou decomposição (pirólise)

CaO + H2O → Ca(OH)2 → Reação de síntese ou adição

HCl + NaOH → NaCl + H2O → Reação de dupla troca ou metátese

2 Fe(s) + 6 HCl(aq) → 2 FeCl 3(aq) + 3 H2(g) → Reação de simples troca (oxirredução)

NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3 → Reação de dupla troca ou metátese

HCl + NaOH → NaCl + H2O → Reação de dupla troca ou metátese

H2O2(l) 2 H2O (l) + 1/2 O2(g) → Reação de análise ou decomposição (fotólise)

2 NaN3 (s) → 2 N2 (g) + 2 Na(s) → Reação de análise ou decomposição

CuSO4 + 2NaOH → Na2SO4 + Cu(OH)2 → Reação de dupla troca ou metátese

Zn + 2HCl → ZnCl2 + H2 → Reação de simples troca

NaCl(l) 2 Na(s) + Cl2(g) → Reação de análise ou decomposição (eletrólise)

NaHCO3 + HCl → NaCl + H2CO3 → NaCl +CO2 +H2O → Reação de dupla troca

Pb(NO3)2(aq) + NaI(aq) → PbI2(s) + 2 NaNO3(aq) → Reação de dupla troca
 

* Créditos das imagens:

[1] Autor: Toby Hudson / Fonte de onde foi extraída: Wikipedia Commons;

[2] Autor: Erop Ocnh / Fonte de onde foi extraída: Wikipedia Commons.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química





Videoaula relacionada:

Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados