Dissolução fracionada

Você está aqui

A dissolução fracionada é um método utilizado para iniciar a separação de uma mistura, devendo ser sempre complementada com outro método, como a filtração.

Dissolução fracionada é uma técnica bastante utilizada para iniciar a separação dos componentes de uma mistura. Assim, antes de conhecermos esse método, é fundamental sabermos que a dissolução fracionada por si só não realiza a separação dos componentes de uma mistura, mas é o primeiro passo para tal.

Quando realizamos a dissolução fracionada em uma mistura, o objetivo principal é o de dissolver um dos componentes que compõem a mistura para, logo em seguida, por meio de outros métodos, completar a separação total dos componentes.

Se tivermos uma mistura formada por areia, óleo e cloreto de sódio (NaCl ou sal de cozinha), por exemplo, a dissolução fracionada é o método mais simples e indicado para começar a realizar a separação dos componentes.

Béquer que mostra o aspecto visual após a adição de água à mistura
Béquer que mostra o aspecto visual após a adição de água à mistura

Princípio fundamental da dissolução fracionada

O método da dissolução fracionada consiste apenas em adicionar um solvente (orgânico ou inorgânico) à mistura para que um dos componentes seja dissolvido. O componente dissolvido passará a fazer parte de uma fase homogênea juntamente ao solvente.

No exemplo da mistura formada por areia e cloreto de sódio, quando adicionamos água a ela, o cloreto de sódio dissolve-se na água, mas a areia não.

OBS.: A areia, além de não se dissolver na água, apresenta maior densidade, logo, desloca-se para o fundo do recipiente.

Métodos que complementam a dissolução fracionada

Após a realização da dissolução fracionada em uma mistura, vários outros métodos podem e devem ser utilizados para terminar a separação. Os métodos escolhidos sempre dependerão da mistura e dos componentes.

Alguns métodos bastante utilizados após a aplicação da dissolução fracionada são:

a) Filtração

Utilizada quando, após a realização da dissolução fracionada, a mistura apresenta uma fase sólida. Essa fase sólida fica retida no filtro.

b) Decantação com o funil de bromo

Utilizada quando, após a realização da dissolução fracionada, a mistura apresenta duas ou mais fases líquidas.

c) Destilação simples

Utilizada após a dissolução fracionada com o objetivo de separar o solvente utilizado na dissolução e o componente sólido que foi dissolvido.

d) Destilação fracionada

Utilizada após a dissolução fracionada com o objetivo de separar o solvente utilizado na dissolução e o componente líquido que estava na mistura anteriormente e que foi dissolvido nele.

e) Separação magnética

Utilizada após a dissolução fracionada com o objetivo de separar um componente de natureza metálica presente em um resíduo sólido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aplicação da dissolução fracionada

Para exemplificar a aplicação da dissolução fracionada e dos métodos complementares a ela, vamos utilizar a mistura óleo e cloreto de sódio. Trata-se de uma mistura formada por um sólido que não se dissolve no líquido presente. Empregar o método da filtração não é indicado em virtude da alta absorção do papel de filtro com relação ao óleo.

Veja o passo a passo para separar os componentes dessa mistura:

  • 1º Passo: realização da dissolução fracionada

Inicialmente se adiciona água à mistura, já que ela consegue dissolver o cloreto de sódio. Assim, após a adição de água, o cloreto de sódio estará dissolvido, e o óleo, que é insolúvel em água, estará posicionado acima da água (pelo fato de apresentar uma menor densidade).

Aspecto visual do recipiente que contém a mistura formada por água, óleo e cloreto de sódio
Aspecto visual do recipiente que contém a mistura formada por água, óleo e cloreto de sódio

  • 2º Passo: realização da decantação com funil de bromo.

Como após a realização da dissolução fracionada, há uma mistura composta de duas fases líquidas (imiscíveis, que não se dissolvem), deve-se colocar essa mistura no funil de bromo.

Nessa mistura, o óleo forma a fase superior, e a água com cloreto de sódio forma a fase inferior. Assim, quando abrimos a válvula do funil de bromo, a água com cloreto de sódio é recolhida no recipiente coletor.

Funil de bromo com a mistura água, óleo e cloreto de sódio
Funil de bromo com a mistura água, óleo e cloreto de sódio

  • 3º Passo: realização da destilação simples.

Após a decantação no funil de bromo, resta a mistura água e cloreto de sódio para separar. Como se trata de uma mistura composta por um sólido dissolvido em um líquido, basta realizar uma destilação simples.

Nesse método, a mistura é aquecida para que a água seja vaporizada e entre no condensador. No condensador, a água passa novamente para o estado líquido, sendo recolhida no frasco coletor. Já o cloreto de sódio fica retido no balão de destilação.

Conjunto de equipamentos necessários para a realização da destilação simples
Conjunto de equipamentos necessários para a realização da destilação simples


Por Me. Diogo Lopes Dias





Videoaula relacionada:

Uma dissolução ocorre quando um material dissolve-se em algum solvente
Uma dissolução ocorre quando um material dissolve-se em algum solvente
Por Diogo Lopes Dias

Curtidas

0

Compartilhe:
Artigos Relacionados