Nomenclatura dos alcoóis

Você está aqui

Etanol é o nome do álcool mais utilizado no cotidiano
Etanol é o nome do álcool mais utilizado no cotidiano

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe:
Por Diogo Dias

A nomenclatura oficial dos alcoóis segue o padrão recomendado pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC), de acordo com a seguinte regra:

Prefixo + infixo + ol

Observações:

  • O prefixo indica a quantidade de carbonos presentes na cadeia normal ou na cadeia principal do álcool, caso ele seja ramificado;

  • O infixo está relacionado com o tipo de ligações presentes entre os carbonos da cadeia do álcool;

  • O sufixo “ol” está relacionado com a hidroxila.

Nos exemplos abaixo, é possível acompanhar a aplicação da nomenclatura oficial dos alcoóis e ainda conhecer algumas particularidades dessa regra:

1º Exemplo: Álcool de cadeia normal com poucos carbonos

Fórmula estrutural de álcool de cadeia pequena
Fórmula estrutural de álcool de cadeia pequena

Nessa estrutura, temos:

  • Dois átomos de carbono (prefixo et);

  • Ligação simples entre os átomos de carbono (infixo an);

  • Por ser um álcool (sufixo ol);

Logo, o nome desse álcool é etanol.

2º Exemplo: Álcool de cadeia normal com muitos carbonos

Fórmula estrutural de álcool de cadeia maior
Fórmula estrutural de álcool de cadeia maior

Nessa estrutura, temos:

  • Quatro átomos de carbono (prefixo but);

  • Ligação simples entre os átomos de carbono (infixo an);

  • Por ser um álcool (sufixo ol);

Em alcoóis que apresentam três ou mais átomos de carbono, é necessário indicar o número do carbono em que o grupo OH está. Para isso, basta numerar a cadeia a partir do carbono mais próximo do grupo OH. Nesse exemplo, temos a hidroxila no carbono 2.

Cadeia do álcool numerada
Cadeia do álcool numerada

Portanto, o nome desse álcool é butan-2-ol.

3º Exemplo: Álcool de cadeia normal com mais de uma hidroxila

Fórmula estrutural de álcool cuja cadeia apresenta várias hidroxilas
Fórmula estrutural de álcool cuja cadeia apresenta várias hidroxilas

Nessa estrutura, temos:

  • Cinco átomos de carbono (prefixo pent);

  • Ligação simples entre os átomos de carbono (infixo an);

  • Três hidroxilas (prefixo tri antes do sufixo);

  • Por ser um álcool (sufixo ol);

Cadeia do poliálcool numerada
Cadeia do poliálcool numerada

Assim, o nome desse álcool é pentan-1,2,3-triol.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

4º Exemplo: Álcool de cadeia normal insaturada

Fórmula estrutural de álcool de cadeia insaturada
Fórmula estrutural de álcool de cadeia insaturada

Nessa estrutura, temos:

  • Quatro átomos de carbono (prefixo but);

  • Ligação dupla entre dois dos átomos de carbono (infixo en);

  • Por ser um álcool (sufixo ol);

Numeração da cadeia insaturada
Numeração da cadeia insaturada

Portanto, o nome desse álcool é But-3-en-1-ol.

5º Exemplo: Álcool de cadeia ramificada

Fórmula estrutural de álcool de cadeia ramificada
Fórmula estrutural de álcool de cadeia ramificada

Quando um álcool é ramificado, devemos inicialmente determinar a cadeia principal e, em seguida, numerá-la. A cadeia principal apresenta o carbono ligado ao grupo OH, insaturação (se tiver) e o maior número de carbonos possível.

Determinação da cadeia principal do álcool ramificado
Determinação da cadeia principal do álcool ramificado

Nessa estrutura, temos:

  • Seis átomos de carbono (prefixo hex);

  • Ligações simples entre os átomos de carbono (infixo an);

  • Dois radicais metil (CH3) (prefixo di), nos carbonos 3 e 4;

  • Por ser um álcool (sufixo ol), e a hidroxila está no carbono 2;

Portanto, o nome é 3,4-dimetil-hexan-2-ol.

Nomenclatura usual dos alcoóis

A nomenclatura usual é uma segunda forma de nomear um álcool que utiliza uma regra diferente da trabalhada na nomenclatura oficial (IUPAC).

Álcool + nome do radical + ico

1ª Exemplo: Etanol

Fórmula estrutural do etanol
Fórmula estrutural do etanol

Nessa estrutura, temos o grupo OH ligado diretamente ao radical etil (H3C-CH2), logo, seu nome usual é álcool etílico.

2º Exemplo: Propan-2-ol

Fórmula estrutural do Propan-2-ol
Fórmula estrutural do Propan-2-ol

Nessa estrutura, temos o grupo OH ligado diretamente ao radical isopropil (H3C-CH-CH3), logo, seu nome usual é álcool isopropílico.

3º Exemplo: Butan-2-ol

Fórmula estrutural do Butan-2-ol
Fórmula estrutural do Butan-2-ol

Nessa estrutura, temos o grupo OH ligado diretamente ao radical sec-butil (H3C-CH-CH2-CH3), logo, seu nome usual é álcool sec-butílico.





Aproveite para conferir nossa videoaula sobre o assunto:

Curtidas

0

Comentários

0

por Diogo

Compartilhe: